Translate

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

SP 500

A China ao baixar  surpreendentemente as  taxas de reserva para os bancos veio  provocar um disparo nas cotações, verifica-se que o  mundo aprecia  a diminuição no crescimento chinês

O SP 500, como todos os indices, está  em sintonia com as notícias e daí  pensar que as notícias dão forçã a "AT"

         

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

SP 500

A quebra dos 1150 levará a  uma visita aos 1125 e a quebra deste valor  levará  ao target do H&S

                 

terça-feira, 22 de novembro de 2011

domingo, 20 de novembro de 2011

NASDAQ

o Nasdaq está com uma figura muito bearish o H&S  aponta para uma visita á zona dos 2190+~-

O D.Jones também  com aspecto bearish

                 

DAX

Para contrariar o cenário BEARISH  que indica o H&S  assinalado, temos aquelas  três  velas dos últimos dias.

Contudo, serão  as notícias sobre  o evoluir  do agravamento/resolução da crise que a Europa vive que certamente irão influenciar o comportamento do DAX e ñ só.




                     

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

SP 500

???????????????????
depois do fecho de ontem  as hipóteses de uma quebra por cima do triângulo  era mais consensuais que agora

                   

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

DOW

apesar deste H&S INV  estar  nos graficos, a actual situação  faz-me desconfiar

                       

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

terça-feira, 8 de novembro de 2011

SP 500

por  vezes parece que a crise foi ultrapassada, ao olharmos para os riscos das cotações...prá i nos leva

é uma certeza que fomos adquirindo ao longo do tempo que cá andamos. ... os  mercados  antecipam-se  à realidade económica  vigente

só não sabemos, não há nada que aí nos leve,   - o time  certo-

que  surgem sinais  que nos podem alertar para  uma situação  de mudança nas cotações, lá isso surgem


o mercado anda muito nervoso



segunda-feira, 7 de novembro de 2011

SP 500

actualização

             

SP 500

Apesar da globalização dos problemas económicos os indices americanos têm sido os que melhor têm resistido  á  crise  que o mundo vai atravessando.

Pegando no SP 500, por sinal  dos  três principais indices americanos o que tem  a performance  mais reduzida,  aparenta  sinais animadores acima dos 1195 e com  hipóteses  de uma visita  à zona dos  1330

A quebra dos  1195  é  o claro assumir  pelos  bears   do controle  do indice